Manuscritos do Mar Morto


“Os manuscritos do mar Morto, encontrados na Biblioteca de uma comunidade sectária judaica, provavelmente essênios, incluem riqueza de documentos bíblicos e não-bíblicos, na maior parte fragmentários, escri­tos entre 150 a.C. e 70 d.C. Os textos não-bíblicos incluem Apócri­fos e Pseudepígrafos já conhecidos, porém existem vários escritos conhecidos somente a partir desta fonte. A descoberta dos textos bíblicos, mais antigos de muitos séculos do que quaisquer outros manuscritos conservados, é da mais alta importância para reconstruir a História do desenvolvimento e transmis­são do texto da Bíblia Hebraica.

Os manuscritos não-bíblicos pro­porcionam evidência clara no sentido de que a explosão de produção literária perto do término da era bíblica não se limitava, como outrora se acreditava, a judeus que moravam fora da Palestina, mas que se estendeu significativa­mente até dentro da pátria judaica. Com exceção de umas poucas referências obscuras a estes rolos na antiguidade recente e no início dos tempos medie­vais, os Rolos do mar Morto perderam-se de vista até que foram redescobertos em cavernas perto da sede da seita em Qumrã em 1947 d.C. Edições críti­cas destes rolos estão sendo publicadas sem interrupção em traduções moder­nas”. Fonte Introdução Socioliterária à Bíblia Hebraica- Norman K. Gottwald

Sobre Cadu Rinaldi

Teologia e Reino de Deus
Esse post foi publicado em Cadu Rinaldi e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s